Ecofeminismo: repensar crítico da violência contra mulheres à luz do Sistema Interamericano de Direitos Humanos

Autores

  • Natalia Mascarenhas Simões Bentes Centro Universitário do Estado do Pará
  • Júlia Lourenço Maneschy Centro Universitário do Estado do Pará

DOI:

https://doi.org/10.20499/2236-3645.RJP2024v26e138-2681

Resumo

Este artigo analisa abordagens filosóficas acerca do ecofeminismo, a partir do apontamento de violências existentes no País e verificadas em casos julgados pelo Sistema Interamericano de Direitos Humanos. Pode-se observar uma possível
relação entre a opressão masculina sobre a natureza e a opressão sobre as mulheres, para responder em que medida o ecofeminismo pode, como instrumento teórico, ajudar a compreender as relações entre ambas. Para isso, busca-se, inicialmente, apresentar teoricamente o ecofeminismo, discutir como a lógica de dominação do homem branco ocorre sobre as mulheres e as demais espécies não-humanas no Brasil, para, em seguida, investigar os casos e posicionamentos do Sistema Interamericano de Direitos Humanos, por meio de uma pesquisa qualitativa, essencialmente bibliográfica, com a análise de livros, relatórios, jurisprudências, teses e artigos acadêmicos e do método dedutivo.

Biografia do Autor

Natalia Mascarenhas Simões Bentes, Centro Universitário do Estado do Pará

Doutora em Direito Público pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, Portugal. Mestre em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade do Porto, Portugal. Professora da graduação e do Mestrado em Direito do Centro Universitário do Estado do Pará. Coordenadora da Clínica de Direitos Humanos do CESUPA. Coordenadora Adjunta do Curso de Direito do Centro Universitário do Estado do Pará.

Júlia Lourenço Maneschy, Centro Universitário do Estado do Pará

Bacharela em Direito pelo Centro Universitário do Estado do Pará. Mestranda Bolsista em Direito, Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional no Centro Universitário do Estado do Pará. Pesquisadora assistente na Clínica de Direitos Humanos no Centro Universitário do Estado do Pará.

Downloads

Publicado

2024-03-28

Edição

Seção

Dossiê Temático